Artista de rua Brasileiro fazendo cover de Dire Straits


Em São Paulo um artista de rua fez cover do Dire Straits, e ficou muito bom, segundo alguns comentários de pessoas que chegaram ver a versão ao vivo do próprio Dire Straits acharam simplesmente uma versão magnifica, o cara deu outra cara na música que a deixou ótima.

Não é tão fácil encontrar artistas de rua tão bom quanto esse cara, eu mesmo achei muito boa a versão, espero ver mais artistas bons em lugares públicos igual a esse cara.

Ensinando matemática com gírias do tráfico


Parece que agora a coisa mudou, até no mundo do tráfico você precisa saber pelo menos de matemática, porque se não o bagulho fica doido, deu troco errado pro usuário recebe bala de volta se não ficar ligeiro e se não tiver ideia de pelo menos sobre conta de mais não pode entrar pra vida do tráfico.

Ao mesmo tempo que acho isso muito errado, é também uma coisa boa, o fato de quase ser uma prova que ensinando desse jeito para a molecada nas periferias eles prestam mais atenção e aprendem melhor não só na matematica mas em outras matérias também, agora só falta arrumar uns professores que topem a ideia.

Pessoas que sujam a rua recebe o lixo de volta na cara


Eu tanto como muita gente fica muito puto quando vê alguém jogando lixo na rua, já fui desses, mas agora parei de jogar, só que o problema de muita gente que não muda, mesmo depois de velho continua jogando lixo na rua, mas e se o cara não está afim de aprender por bem que não se deve jogar lixo na rua, que tal fazer ele ver o quão ruim é jogar lixo na rua e receber todo o lixo de volta.

O pessoal dos primitivos resolveram devolver o lixo que o pessoal jogava na rua em maior quantidade, só pra ver a reação dos sujeitos, será que a maioria gostou ou ficou bravo por essa atitude, talvez eles pensem melhor na próxima vez antes de jogar lixo na rua

Colabore com as ruas, não adianta nada o governo investir para manter as ruas limpas se a população também não ajuda e fica jogando lixo na rua, todos sabemos que o governo não é honesto, mas mesmo assim eles ainda investem e pra melhorar não depende só deles.

O homem sem uma perna que trabalha honestamente e da exemplo


Quando dizem pra mim que as pessoas roubam por que não tem condições de se sustentar eu sinto vontade de dar umas porradas na pessoa, quem quer realmente trabalhar sempre da um jeito, um exemplo é esse cara que tem o apelido de saci e usa sua charrete pra pega entulho e conseguir seu dinheiro honestamente.

Ele mesmo diz, o cara ganhar dinheiro fácil não tem futuro, temos que ganhar nosso dinheiro com o nosso suor. Um cara desses que certamente não teve estudos e ainda não tem uma perna, trabalha feliz e mostra que crescer na vida é por mérito e não usufruindo do dinheiro dos outros.

Esse cara é um exemplo e muitos vagabundos por ai deveriam seguir esse exemplo de honestidade, como diz o cara que está filmando, tem muitos que tem 2 pernas e preferem roubar do que trabalhar e conseguir seu dinheiro suado.


Veja também: Sacaneando o bombeiro que estava dormindo

Como eram os comerciais de TV antes do Plano Real


Em julho de 1964 a julho de 1994, data do plano real, a inflação acumulada era medida pelo IPG-DI e foi de 1.302.442.989.947.180,00% a inflação, mais de um quatrilhão, 302 trilhões e 442 bilhões porcento.

Essa era a época que a darci gonçalves já era velha pra caramba, e você ia no mercado o valor de algo era 500 cruzeiros quando voltava lá era 700, foi uma época difícil para o brasileiro, as pessoas tinham de fazer reserva das coisas e comprar de quantidades grandes pra não voltar no mercado e o produto ter mudado de preço, hoje as coisas tem um preço muito mais acessível graças ao plano real que matou a hiper inflação.

Só para vocês verem como as coisas tinham um valor imenso com muitos zeros e era assustador o valor das coisas veja alguns comerciais de TV antes do plano real, e só pra lembrar o Lula foi contra o plano real, se não fossem o plano real hoje estáriamos usando muitos zeros ainda nas notas.

 
Lembre-se: todo o conteúdo deste site é totalmente doido e sem noção, então não leve a sério. todos os nomes aqui usados são de personagens inventados na minha mente doentia. Caso você tenha se ofendido com o conteúdo do blog, envie um email para humorcritico@outlook.com ou utilize o botão “X” no canto superior direito do seu navegador. Todos os comentários e opiniões de terceiros não expressam necessariamente a opinião dos editores do blog. O que acontece aqui fica entre nós.